Quem sou eu

Minha foto
Sociólogo pela Universidade de Haifa, especialize-me em abrir caminhos dentro do conhecimento judaico e melhorar a comunicação entre judeus e não judeus. Este é um caminho aberto para se comunicar com os judeus de Israel, EUA, Canadá, Europa ou aqueles que vivem em países da América Latina, mas não falam Português (no Brasil) ou espanhol (todos os outros países, além das Guianas)

Torá & Sionismo

Rav Yitzchak Yaakov Reines (1839-1915). (9 Elul por algumas fontes) 

Nascido em Karolin, Belarus, Rav Yitzchak Yaacov Reines estudou na Volozhin Yeshiva e foi aluno do Netziv, que depois foi o mestre do Rav Kook,  principal mentor do movimento religioso sionista até hoje..
Seu primeiro cargo rabínico estava em Saukenai, na Lituânia, em 1867, seguido por uma posição na Svencionys em 1869 Em 1882, ele fundou uma yeshiva com um currículo que incluía temas seculares. De 1885 até sua morte, ele foi uma yeshiva em Lida (agora em Belarus).

Foi era um membro do movimento Chibat Tzion desde o seu início. Em 1893, Rav Shmuel Mohliver funda Mercaz ruchani, ou o "centro espiritual".

Dez anos depois, quando Rav Reines estava à procura de um bom nome para um movimento religioso sionista, ele adotou o nome, "Mizrachi." Rav Reines foi um dos o primeiro rabinos a responder o chamado de Herzl para se tornar parte do movimento sionista, e participou do Terceiro Congresso sionista em 1899
Enquanto a maioria de seus colegas opôs-se ao sionismo político, em 1902 Reines publicou um livro, Or Chadash al Tzion que apresenta uma ligação com o judaísmo sionista. No mesmo ano ele organizou uma conferência do movimento sionista religioso em Vilna, onde o movimento Mizrachi foi fundado. Foi reconhecido como líder do movimento em sua convenção fundação em Pressburg [Bratislava] em 1904.
Rav Reines foi o autor de muitos sefarim, incluindo Sefer Ha'arachim e Edut beYaakov.
Iehi zichró baruch

Gigantes da Torá: Rabeinu Israel Bruna

Rabbi Israel Brunna

(Circa 5160-5240; 1400-1480)

Ovadia Normandus Haguer (Ovadia, o Normando, convertido ao judaísmo)

TEXTO ENVIADO PELO BEIT CHABAD VILA MARIANA

UM CONVERTIDO DA NORMANDIA RENUNCIA A UMA 
VIDA ABASTADA PARA UNIR-SE À POBRE COMUNIDADE JUDAICA.



Sétimo dia de Pêssach: A Travessia do Mar Vermelho!


No último dia da semana de Pêssach 
celebramos a travessia do Mar Vermelho

Imagine que sua vida entrou num beco  sem saída: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come, se  negociar o bicho ganha e se rezar, bate numa nuvem e volta.

Foi isso o que aconteceu ao Povo de Israel quando se depararam frente ao Mar dos Juncos (Yam Suf em Hebraico), também chamado de Mar Vermelho: de um lado estava o oceano, de outro o deserto, atrás vinha o exército do faraó. Só havia uma saída: ir em frente.
Para variar um pouquinho, os judeus se dividiram em quatro opiniões: uma dizia que seria melhor voltar ao Egito, apagar todos os mal entendidos e ficar por isso mesmo; outra dizia ser melhor enfrentar a egipçada, outra ainda dizia que era melhor rezar. Ninguém se entendia, mas todos se uniram para reclamar com Moisés.
Líder democrata-religioso, Moisés pediu a D-us que lhe desse a melhor opção neste momento, a fim de salvar todos os judeus. 
A resposta Divina foi fulminante: "- Diga ao povo que sigam!"
Fala ao povo: agora é hora de agir, de tomar um rumo certo e preciso.
E eles seguiram: quando é tomada a decisão certa, agimos na direção certa.
Naquela época, Nachshon ben Aminadav entendeu a mensagem e deu o primeiro passo.
O Mar abriu na hora! 
E foi isso o que fez o povo judeu há quase cem anos, quando do Primeiro Congresso Sionista.
Após quase dois mil anos de diáspora, cansado de tanta perseguição, o judeu quer voltar a Israel.
O Mar abriu novamente após o primeiro passo e o Estado de Israel nasceu 50 anos depois.
É isso o que devemos fazer hoje também. Dar o primeiro passo de nossas novas vidas.
Hashem resolveu facilitar as coisas para os judeus do Brasil.
Então... seja o seu próprio Moisés! Diga a si mesmo... e siga!*
Nessiá Tová
A gente se vê em Israel, a Areia que Virou Mel.
Agora, se não puder mesmo, paciência, pelo menos você tentou fazer a coisa certa.


 

Banners

Banner

Judaísmo com Ginga Brasileira - veja matéria sobre o Pêssach

Como posso passar o Pêssach com mais alegria?

פסח טרופיכשר ושמח למהדרין‏


Querido Pessach,

Desejo-lhe um Pessach tropicasher ve'sameach lemehadrin.

Colocamos muita energia para que a comida seja casher "lemehadrin", 
mas tenho certeza de que Hashem gostaria que descobríssemos 
uma forma de passarmos o yom tov também "sameach lemehadrin". 

Ainda estou tentando descobrir como chegar lá. Você é uma grande inspiração.

Yossef Mentzer, de Israel.

Nossa dica: CD O FUNK DO FARAÓ
Clique e ouça um pouco de cada canção!



"Pasaporte" de PESAJ - versión en Español

Dice la Hagadá de Pesaj:

"En cada generación cada Judio debe sentir como él,
en persona, que había salido de Egipto en la noche de Pesaj "

En otras palabras, cada generación debe dar un significado adecuado a la salida de Egipto.

Hoy dia necesitamos un pasaporte y una visa para ir de un país a otro, 
Tropicasher decidió fabricar un pasaporte especial con un visado de Egipto a cabo, por un lado,
y un visado de entrada en Israel por el otro. 

Vea lo fácil que es de usar: sólo imprimir, cortar y pegar las dos partes. 
Usted puede escribir su nombre y los componentes de la mesa del Seder en la parte de atrás.


"Passaporte" de PÊSSACH

Diz a Hagadá de Pêssach:

"Em todas as gerações cada judeu se sentir como se ele mesmo, 
em pessoa, tivesse deixado o Egito na noite de Pêssach"

Em outras palavras, a cada geração devemos dar um significado apropriado ao Êxodo do Egito.

E como necessitamos de um passaporte e de um visto para ir de um país a outro, Tropicasher resolveu confeccionar um passaporte especial com um Visto de Saída do Egito por um lado,
e um visto de entrada em Israel por outro. Veja como é fácil usar: é só imprimir, recortar e colar as duas partes. Você pode escrever o teu nome e dos componentes da mesa do Sêder no verso.



Veja também os benefícios do SIDUR FALADO
http://www.sefer.com.br/details/9021/sidur-falado






Toque Tropicasher no seu Celular!!!

No meu celular o toque é do Salmo 126 
com a melodia da Aquarela do Brasil.

Imagine o seu celular tocando 
 Tico Tico no Fubá em Hebraico... 


Escolha seu toque predileto e divirta-se com os amigos!





O FUNK DO FARAÓ! - letra e música

ADQUIRA HOJE MESMO O CD O FUNK DO FARAÓ!!!




O FUNK DO FARAÓ

De Paulinho Rosenbaum


Faraó, Faraó, de você não tenho dó, Faraó, Faraó, tu já virando pó (2x)

Foi 210 anos de poeira no gogó
Velho, mulher, criancinha, toda a tenda de Jacó
Vamos ter que derrubar, a turma do Faraó
Jogar praga no Egito e sair de uma vez só

Faraó, Faraó, de você não tenho dó, Faraó, Faraó, tu já virando pó (2x)

Tá chegando uma cestinha lá no rio do Faraó,
Tem um menino lá dentro ,que vai ser um brilho só
A princesa pegou ele e transformou no seu xodó
A história agora muda... vai sobrar pro Faraó!

Faraó, Faraó, de você não tenho dó, Faraó, Faraó, tu já virando pó (2x)

Liberdade, liberdade, vou prá casa da vovó.
Vou comer Matsá com Chrein e dispensar o pão-de-ló.
Prá lembrar uma vez por ano, o final do Faraó,
Que tomou uma rasteira, do bisneto de Jacó!

Faraó, Faraó, de você não tenho dó, Faraó, Faraó, tu já virando pó (4x)

---------------------------------
VEJA TAMBÉM OS BENEFÍCIOS DO: SIDUR FALADO 

http://www.sefer.com.br/details/9021/sidur-falado



Salmo 37 - quando não entendemos porque algumas tem sucesso e outras não...



1 Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade.
2 Pois eles dentro em breve definharão como a relva e murcharão como a erva verde.
3 Confia no ETERNO e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade.
4 Agrada-te do ETERNO, e ele satisfará os desejos do teu coração.
5 Entrega o teu caminho ao ETERNO, confia nele, e o mais ele fará.
6 Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia.
7 Descansa no ETERNO e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios.
8 Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal.
9 Porque os malfeitores serão exterminados, mas os que esperam no ETERNO possuirão a terra.
10 Mais um pouco de tempo, e já não existirá o ímpio; procurarás o seu lugar e não o acharás.
11 Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz.
12 Trama o ímpio contra o justo e contra ele ringe os dentes.
13 Rir-se-á dele o Eterno, pois vê estar-se aproximando o seu dia.
14 Os ímpios arrancam da espada e distendem o arco para abater o pobre e necessitado, para matar os que trilham o reto caminho.
15 A sua espada, porém, lhes traspassará o próprio coração, e os seus arcos serão espedaçados.
16 Mais vale o pouco do justo que a abundância de muitos ímpios.
17 Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas os justos, o ETERNO os sustém.
18 O ETERNO conhece os dias dos íntegros; a herança deles permanecerá para sempre.
19 Não serão envergonhados nos dias do mal e nos dias da fome se fartarão.
20 Os ímpios, no entanto, perecerão, e os inimigos do ETERNO serão como o viço das pastagens; serão aniquilados e se desfarão em fumaça.
21 O ímpio pede emprestado e não paga; o justo, porém, se compadece e dá.
22 Aqueles a quem o ETERNO abençoa possuirão a terra; e serão exterminados aqueles a quem amaldiçoa.
23 O ETERNO firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz;
24 se cair, não ficará prostrado, porque o ETERNO o segura pela mão.
25 Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.
26 É sempre compassivo e empresta, e a sua descendência será uma bênção.
27 Aparta-te do mal e faze o bem, e será perpétua a tua morada.
28 Pois o ETERNO ama a justiça e não desampara os seus santos; serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada.
29 Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre.
30 A boca do justo profere a sabedoria, e a sua língua fala o que é justo.
31 No coração, tem ele a lei do seu Deus; os seus passos não vacilarão.
32 O perverso espreita ao justo e procura tirar-lhe a vida.
33 Mas o ETERNO não o deixará nas suas mãos, nem o condenará quando for julgado.
34 Espera no ETERNO, segue o seu caminho, e ele te exaltará para possuíres a terra; presenciarás isso quando os ímpios forem exterminados.
35 Vi um ímpio prepotente a expandir-se qual cedro do Líbano.
36 Passei, e eis que desaparecera; procurei-o, e já não foi encontrado.
37 Observa o homem íntegro e atenta no que é reto; porquanto o homem de paz terá posteridade.
38 Quanto aos transgressores, serão, à uma, destruídos; a descendência dos ímpios será exterminada.
39 Vem do ETERNO a salvação dos justos; ele é a sua fortaleza no dia da tribulação.
40 O ETERNO os ajuda e os livra; livra-os dos ímpios e os salva, porque nele buscam refúgio.

37
א לְדָוִד | אַל־תִּתְחַר בַּמְּרֵעִים אַל־תְּקַנֵּא בְּעֹשֵׂי עַוְלָֽה
: ב כִּי כֶחָצִיר מְהֵרָה יִמָּלוּ וּכְיֶרֶק דֶּשֶׁא יִבּוֹלֽוּן
: ג בְּטַח בַּֽיהֹוָה וַֽעֲשֵׂה־טוֹב שְׁכָן־אֶרֶץ וּרְעֵה אֱמוּנָֽה
: ד וְהִתְעַנַּג עַל־יְהֹוָה וְיִֽתֶּן־לְךָ מִשְֽׁאֲלֹת לִבֶּֽךָ
: ה גּוֹל עַל־יְהֹוָה דַּרְכֶּךָ וּבְטַח עָלָיו וְהוּא יַֽעֲשֶֽׂה
: ו וְהוֹצִיא כָאוֹר צִדְקֶךָ וּמִשְׁפָּטֶךָ כַּֽצָּהֳרָֽיִם

: ז דּוֹם לַיהֹוָה וְהִתְחוֹלֵל לוֹ אַל־תִּתְחַר בְּמַצְלִיחַ דַּרְכּוֹ בְּאִישׁ עֹשֶׂה מְזִמּֽוֹת
: ח הֶרֶף מֵאַף וַֽעֲזֹב חֵמָה אַל־תִּתְחַר אַךְ־לְהָרֵֽעַ
: ט כִּֽי־מְרֵעִים יִכָּרֵתוּן וְקוֵֹי יְהֹוָה הֵמָּה יִֽירְשׁוּ־אָֽרֶץ
: י וְעוֹד מְעַט וְאֵין רָשָׁע וְהִתְבּוֹנַנְתָּ עַל־מְקוֹמוֹ וְאֵינֶֽנּוּ
: יא וַֽעֲנָוִים יִֽירְשׁוּ־אָרֶץ וְהִתְעַנְּגוּ עַל־רֹב שָׁלֽוֹם
: יב זֹמֵם רָשָׁע לַצַּדִּיק וְחֹרֵק עָלָיו שִׁנָּֽיו
: יג אֲדֹנָי יִשְׂחַק־לוֹ כִּֽי־רָאָה כִּֽי־יָבֹא יוֹמֽוֹ
: יד חֶרֶב | פָּֽתְחוּ רְשָׁעִים וְדָרְכוּ קַשְׁתָּם לְהַפִּיל עָנִי וְאֶבְיוֹן לִטְבוֹחַ יִשְׁרֵי־דָֽרֶךְ
: טו חַרְבָּם תָּבוֹא בְלִבָּם וְקַשְּׁתוֹתָם תִּשָּׁבַֽרְנָה
: טז טוֹב מְעַט לַצַּדִּיק מֵֽהֲמוֹן רְשָׁעִים רַבִּֽים
: יז כִּי זְרוֹעוֹת רְשָׁעִים תִּשָּׁבַרְנָה וְסוֹמֵךְ צַדִּיקִים יְהֹוָֽה
: יח יוֹדֵעַ יְהֹוָה יְמֵי תְמִימִם וְנַֽחֲלָתָם לְעוֹלָם תִּהְיֶֽה
: יט לֹֽא־יֵבשׁוּ בְּעֵת רָעָה וּבִימֵי רְעָבוֹן יִשְׂבָּֽעוּ
: כ כִּי רְשָׁעִים | יֹאבֵדוּ וְאֹיְבֵי יְהֹוָה כִּיקַר כָּרִים כָּלוּ בֶעָשָׁן כָּֽלוּ
: כא לוֶֹה רָשָׁע וְלֹא יְשַׁלֵּם וְצַדִּיק חוֹנֵן וְנוֹתֵֽן
: כב כִּי מְבֹרָכָיו יִירְשׁוּ אָרֶץ וּמְקֻלָּלָיו יִכָּרֵֽתוּ
: כג מֵיְהֹוָה מִֽצְֽעֲדֵי־גֶבֶר כּוֹנָנוּ וְדַרְכּוֹ יֶחְפָּֽץ
: כד כִּֽי־יִפֹּל לֹֽא־יוּטָל כִּֽי־יְהֹוָה סוֹמֵךְ יָדֽוֹ
: כה נַעַר | הָיִיתִי גַּם־זָקַנְתִּי וְֽלֹא־רָאִיתִי צַדִּיק נֶעֱזָב וְזַרְעוֹ מְבַקֶּשׁ־לָֽחֶם
: כו כָּל־הַיּוֹם חוֹנֵן וּמַלְוֶה וְזַרְעוֹ לִבְרָכָֽה
: כז סוּר מֵרָע וַֽעֲשֵׂה־טוֹב וּשְׁכֹן לְעוֹלָֽם
: כח כִּי יְהֹוָה | אֹהֵב מִשְׁפָּט וְלֹא־יַֽעֲזֹב אֶת־חֲסִידָיו לְעוֹלָם נִשְׁמָרוּ וְזֶרַע רְשָׁעִים נִכְרָֽת
: כט צַדִּיקִים יִֽירְשׁוּ־אָרֶץ וְיִשְׁכְּנוּ לָעַד עָלֶֽיהָ
: ל פִּֽי־צַדִּיק יֶהְגֶּה חָכְמָה וּלְשׁוֹנוֹ תְּדַבֵּר מִשְׁפָּֽט
: לא תּוֹרַת אֱלֹהָיו בְּלִבּוֹ לֹא תִמְעַד אֲשֻׁרָֽיו
: לב צוֹפֶה רָשָׁע לַצַּדִּיק וּמְבַקֵּשׁ לַֽהֲמִיתֽוֹ
: לג יְהֹוָה לֹא־יַֽעַזְבֶנּוּ בְיָדוֹ וְלֹא יַרְשִׁיעֶנּוּ בְּהִשָּׁפְטֽוֹ
: לד קַוֵּה אֶל־יְהֹוָה | וּשְׁמֹר דַּרְכּוֹ וִירֽוֹמִמְךָ לָרֶשֶׁת אָרֶץ בְּהִכָּרֵת רְשָׁעִים תִּרְאֶֽה
: לה רָאִיתִי רָשָׁע עָרִיץ וּמִתְעָרֶה כְּאֶזְרָח רַֽעֲנָֽן
: לו וַיַּֽעֲבֹר וְהִנֵּה אֵינֶנּוּ וָֽאֲבַקְשֵׁהוּ וְלֹא נִמְצָֽא
: לז שְׁמָר־תָּם וּרְאֵה יָשָׁר כִּי־אַֽחֲרִית לְאִישׁ שָׁלֽוֹם
: לח וּפשְׁעִים נִשְׁמְדוּ יַחְדָּו אַֽחֲרִית רְשָׁעִים נִכְרָֽתָה
:  לט וּתְשׁוּעַת צַדִּיקִים מֵיְהֹוָה מָֽעוּזָּם בְּעֵת צָרָֽה
מ וַיַּעְזְרֵם יְהֹוָה וַֽיְפַלְּטֵם יְפַלְּטֵם מֵרְשָׁעִים וְיוֹשִׁיעֵם כִּי חָסוּ בֽוֹ


O que é a Busca do Chamêtz?

por Rabino Naftali Silberberg



Na noite antes de Pessach somos obrigados a vistoriar a nossa propriedade em busca de Chametz [produto que contenha fermento] , pois, além de não podemos comer nada levedado durante a semana de Pessach,
também não podemos te-lo em casa ou ve-lo dentro das nossas propriedades.


Veja como funciona:


1. Em primeiro lugar, certifique-se de que você tem as fontes apropriadas. Você vai precisar de uma vela (cera de abelha é preferível), uma pena, uma colher de pau e um saco de papel. A pesquisa é feita à luz de velas, daí a vela. A pena permite varrer todas as migalhas chametz na colher, que é então vertida para dentro do saco de papel.


2. Pegue dez pedaços de pão, envolvê-los em papel de modo que não há migalhas deve escapar, e dispersá-los em torno da casa. É aconselhável anotar onde você colocou o pão, porque se você não acabam por encontrar todos os dez pedaços, você tem que procurar uma e outra vez até encontrar a cada um ...


3. Após o por do sol acender a vela, segure-o em conjunto com o saco de penas e papel, e recitar a seguinte bênção: 
Baruch Ata Ado-nai Elo-heinu Melech ha'olam Asher kidshanu b'mitzvotav v'tzi-Vanu al beur hametz. [Bendito sejais, Senhor, nosso D'us, Rei do universo, que nos santificou com Seus mandamentos e nos ordenou para remover o chametz.]

4. Continue a procurar chametz em todos os quartos de sua casa. Qualquer chametz que é encontrado, e as dez peças que você espalhadas, deve ser colocado no saco de papel.


5. Não fale depois de recitar a bênção antes de iniciar a pesquisa, pois isso constituiria uma interrupção. Também por esta razão que você deve começar sua pesquisa na mesma sala em que a bênção foi dito. Na verdade, é preferível evitar falar em toda a busca, desta forma você não será distraído de realizar uma pesquisa adequada - no entanto, você pode falar, se necessário, desde que você já começou a busca.


6. Quando terminar a busca, coloque a vela extinta e penas e a colher de pau em conjunto com o chametz no saco. Feche o saco com segurança e colocá-lo em um lugar seguro até que ele seja queimado no dia seguinte.


7. Imediatamente após a busca dizer o seguinte: "Todo fermento e qualquer coisa levedada que está em minha posse, o que eu não tenho visto nem removido, e sobre o qual não tenho conhecimento, será considerado anulado e sem dono como o pó da terra".
Apoio Cultural
RONY MENACHE & FAMÍLIA




O que é a MEZUZÁ? - ensaio psicológico

A MEZUZÁ E NOSSAS BARREIRAS DE AUTO-PROTEÇÃO
Símbolo de proteção espiritual em lares judaicos, a mezuzá é colocada sob o batente das portas de entradas e saídas , como um escudo contra maus agouros ou energias negativas que possam penetrar em seu interior.

Ao longo de nossas vidas e através de todas as civilizações , homens das mais distintas culturas, etnias ou origens, desde os mais remotos tempos, sempre se preocuparam em proteger seus territórios construindo muros, muralhas e grandes fortalezas em torno de seus bens , dificultando o acesso ou a invasão de povos opressores e oponentes que possam querer dominá-lo ,privando-o de sua liberdade.

Muitos destes grupos étnicos, inclusive , pagaram o preço de se isolarem completamente dos seus vizinhos por longos períodos, se fechando em seus próprios dogmas e valores baseados em uma rigidez necessária, como necessidade ultima de auto-preservação. Abdicaram da própria evolução, integração inter-social,ou aprimoramento em nome de sua sobrevivência.

O ser humano enquanto individuo também tem a mesma necessidade de construir barreiras de proteção em torno de si. Seus segredos mais íntimos são guardados á sete chaves dentro do coração. E a razão trata de levantar as muralhas em torno de cada um, delimitando suas fronteiras frente aos outros.

Entretanto cada um tem sua forma, ou possibilidade de edificar esta redoma de acordo com seus próprios desejos e necessidades.

Pessoas extremamente sensíveis se queixam da sensação de vulnerabilidade perante seus intensos sentimentos, como se fossem uma expressão de fraqueza de caráter. Sentem-se como uma casa exposta, sem muros de proteção e trancas. 

Por se sentirem muito transparentes e manifestarem dificuldades em construir máscaras sociais ,vivem em constante estresse e ansiedade, pela ameaça de perderem o controle sobre si mesmas ou sucumbirem ao domínio alheio.Paradoxalmente apesar de sua intensidade emocional e frequente carência afetiva, lutam consigo mesmas, tentando controlar seus sentimentos e modular a distância ideal nos relacionamentos.

Muitas vezes pecamos em colocar em torno de nós mesmos tijolos e mais tijolos de proteção, e sem que percebamos, acabamos por criar nossos próprios presídios particulares , nos aprisionando sob a pena de se viver enclausurado sob a companhia solitária das próprias fantasias.

Fronteiras e barreiras são tão necessárias á sobrevivência , quanto a presença de portas e janelas de acesso e comunicação. Portas são abertas para que haja conexão entre as pessoas. Assim como são fechadas quando necessitamos nos refugiar e nos reconectar com nos mesmos.

Nossa permeabilidade é determinante em nossas vidas e na forma como nos relacionamos. Podemos construir muralhas rígidas e intransponíveis , pela necessidade máxima de segurança, ou fronteiras menos enérgicas e mais permeáveis de acordo com o momento, e disponibilidade de transpô-la. 

Neste momento a flexibilidade é nossa mais saudável companheira.

Que possamos sempre nos sentir seguros em nossos lares, relacionamentos e em nossa vida profissional, sem que tenhamos de conviver com paredes de rigidez em torno de nós mesmos, impedindo que nos aproximemos de nossos próprios sentimentos, mesmo que nos tragam momentaneamente a sensação de desamparo e vulnerabilidade.... 

O contato e a troca com o outro é sempre o melhor caminho para a felicidade.

Qual a sua opinião sobre o nosso blog?

Selecionamos alguns feedbacks vindos do Facebook e do site www.tropicasher.com.br

No rodapé da pagina há um lugar reservado para a sua opiniáo:



Paulo, seu site está fantástico.
Gostei muito do formato, cores, bem Tropicasher.
Você tem um cérebro privilegiado.
Que D´us continue te iluminando.

Beijos da mãe.


"Caro Paulinho gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho, e acima de tudo irreverente e muito enriquecedor, não sou judeu e meu conhecimento sobre o judaísmo é pífio, mas admiro e respeito muito todo o povo judeu pela sua fé" [anônimo]


"Tropicasher, 
seu trabalho devia ter ajuda oficial de todos os seguimentos da comunidade e de Israel."


Adorei o seu CD!! Muito divertido!

Tenho certeza que tem muito espaço pro Tropicasher crescer!

Andrea Levy Sprengel


Adorei o site! É rápido, claro, alegre e jovem!!
(sou vovó e mando copias para meus netos que não tem tempo de vasculhar tudo).
Parabéns. Doris


Trabalho na TV do Estado aqui em Curitiba e na TV Record. acompanho seu trabalho de longe e gosto muito... você é uma das poucas pessoas com o dom de falar e fazer as coisas de uma forma diferente e simpática, cativante e bem humorada... Parabéns!
Abahu Avinadav Cláudio Patrick


Parabéns pelo lindo trabalho com Bnei  Noach
טרופיכשר חי וקיים לנצח!!
Levi Weitman - Editora Maayanot

Minha profunda admiração pelo amigo, pelos seus ideais, pela sua dedicação, pela seu senso de honra e de cumprimento do dever, como pessoa, como professor e como oficial.
Tenho grande respeito pelo povo de Israel. Fraternal abraço
Dr. Ronaldo Brêtas - OAB/MG


Caro amigo Paulinho, Conheço poucas pessoas com a sua dignidade. Não sou judeu, mas sigo o seu bom exemplo. Sempre que penso em você é com muita alegria.  Aproveito para compartilhar algo: Meu filho, que hoje tem um ano e quatro meses, adora dançar ao som do Funk do Faraó.Daniel Garcia - Diretor de Montagem do Filme "OSCAR 2010"


Parabéns meu irmão querido, pelo ótimo trabalho em divulgar nossa cultura, custumes e nossas leis. Sabes que teu trabalho é admirado por todos aqueles que veem em ti um multiplicador. Felicidades sempre e que owww.TROPICASHER.com.br perdure na eternidade. Que o ETERNO, Bendito seja, lhe abençoe sempre.


Gisele Guedes pelo Facebook
Paulinho, você é muito divertido cara!!! Amei como você conecta a religião com  a diversão!!!!
Se vier para Chicago ate a primeira semana e Abril estarei aqui e será um prazer conhece-lo!!!
Abs!

Lu Katz - pelo Facebook
Aqui em casa ... todo mundo curte Tropicasher :) inclusive a versão do Hino Nacional!!! Show!!!


"Le - Chaim! Vida..Saúde! Vamos brindar essa nova versão.... Adoreiiii milhões...s ó você mesmo
Paulinho Rosenbaum kkkkkk.... Vida longa para o TROPICASHER! Mazal Tov!"
Luiza Benaion Tabasnik
 
Copyright © 2011. O que é Judaísmo? - All Rights Reserved
Templates: Mais Template
{ overflow-x: hidden; }