Quem sou eu

Minha foto
Sociólogo pela Universidade de Haifa, especialize-me em abrir caminhos dentro do conhecimento judaico e melhorar a comunicação entre judeus e não judeus. Este é um caminho aberto para se comunicar com os judeus de Israel, EUA, Canadá, Europa ou aqueles que vivem em países da América Latina, mas não falam Português (no Brasil) ou espanhol (todos os outros países, além das Guianas)

Interpretando Tudo para o Lado Positivo

NUTRINDO NOSSAS ALMAS
      
             A Torá nos relata que antes da última praga, a do falecimento dos filhos primogênitos de cada egípcio, o Todo-Poderoso instruiu o Povo de Israel a marcar os umbrais de suas portas com sangue, como indicado no versículo: “E Eu verei o sangue e passarei por cima de vocês”.
        Surge aqui uma questão intrigante: todos sabemos que D'us é onisciente. Ele não precisa de uma marca distintiva para identificar quais são as casas judaicas. Além disso, o sangue é geralmente associado à morte. Sendo assim, (1) por que D'us exigiu que os judeus marcassem suas casas, e (2) por que o sangue foi escolhido como um sinal que Ele pouparia as suas vidas?
        A libertação do Povo Judeu necessitava de que eles confiassem no Todo-Poderoso. Para tanto, Ele proporcionou-lhes um meio de demonstrar a sua confiança Nele a fim de conceder-lhes o mérito de libertação: D'us pediu-lhes para marcar seus umbrais com sangue - mesmo sendo o sangue, geralmente, um sinal de ‘mau presságio’. Ao confiarem no mandamento Divino, apesar da conotação negativa do sangue, isto despertou o mérito para que fossem milagrosamente salvos.
        Uma das armadilhas da natureza humana é temermos sinais negativos. No entanto, ao confiarmos no Criador e seguirmos os Seus mandamentos, mesmo os sinais aparentemente mais ‘negativos’ se transformarão na origem e início de grandes bondades.
        Demonstremos a nossa firme confiança em D'us ao interpretar tudo para o lado positivo. Como resultado, mereceremos ver inúmeros milagres e a resolução de todos os nossos problemas!






Baseado no livro Maguid Mesharim, do Rabino Yossef Karo
(o autor do Shulchan Aruch, o Código de Leis Judaico (Espanha e Israel, 1488-1575)

 Para receber o e-Mussar: emussar@terra.com.br
        
Compartilhar no Google+

Postar um comentário

Seus comentários são muito bem vindos.

 
Copyright © 2011. O que é Judaísmo? - All Rights Reserved
Templates: Mais Template
{ overflow-x: hidden; }