Quem sou eu

Minha foto
Sociólogo pela Universidade de Haifa, especialize-me em abrir caminhos dentro do conhecimento judaico e melhorar a comunicação entre judeus e não judeus. Este é um caminho aberto para se comunicar com os judeus de Israel, EUA, Canadá, Europa ou aqueles que vivem em países da América Latina, mas não falam Português (no Brasil) ou espanhol (todos os outros países, além das Guianas)

Luz para uns, escuridão para outros.

A Torá nos conta que chegou ao Egito uma escuridão palpável de tão escura,
e que, para os filhos de Israel havia iluminação em todos os seus assentamentos 
(Shemót - Êxodo) 10:22-24.

Rabino Yaacov Culi, também conhecido pela sua obra MEAM LOEZ tem uma interessante visão do fato: o conectivo e, usado nos versículos acima, não indica somente que um tinha luz enquanto para o outro estava escuro, mas que a mesma nuvem celestial que encobria os egípcios, provia luz para os judeus.

Hashem fez escuridão para um lado e luz para o outro, usando a mesma "matéria prima".

O mesmo podemos entender com relação à espiritualidade: literatura, música, alimentação, vestuário, normas sociais: tudo aquilo que é usado de modo contrário à Torá, à luz, pode ser vertido de modo a ser um instrumento útil no nosso relacionamento com Hashem.

É o que tentamos fazer no Tropicasher e esperamos lograr este objetivo, B"H.

Quanto aos assentamentos, que não pensem aqueles que desejam proibir os judeus de se assentarem na sua Terra, que sempre terão sucesso, pois este sucesso é efêmero, assim como a escuridão que impeliu o faraó a tomar a decisão que Hashem queria.

No final, aquilo que Ele quer é o que prevalecerá, e quando a luz dominar totalmente as trevas, o será eternamente!

Tropicasher Airlines

Conheça também este CD Tropicasher:




Compartilhar no Google+

Postar um comentário

Seus comentários são muito bem vindos.

 
Copyright © 2011. O que é Judaísmo? - All Rights Reserved
Templates: Mais Template
{ overflow-x: hidden; }